Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Mulher é condenada e decapitada na Arábia Saudita por causa de bruxaria e feitiços

Imagens ilustrativas tiradas de uma execução pública real de uma mulher na Arábia Saudita

 

Uma mulher foi decapitada na Arábia Saudita por praticar bruxaria e feitiçaria, disse o Ministério do Interior do reino




Amina bint Abdel Halim Nassar foi executada por ter "cometido a prática de bruxaria e feitiçaria", de acordo com um comunicado do Ministério Interno. 

 

Nassar foi investigada antes de sua prisão e foi "condenada pelo que foi acusada com base na lei", disse o comunicado. Sua decapitação ocorreu na província de Qariyat, na região de Al-Jawf.

 


 
A Arábia Saudita, é governada pela Shariah, ou lei islâmica. Lá, a feitiçaria, bruxaria e blasfêmia são crimes que podem ser punidos com a morte.


O jornal saudita Al-Hayat, sediado em Londres, citou uma fonte da polícia religiosa do país que disse que as autoridades vasculharam a casa de Nassar e encontraram livros sobre feitiçaria, uma série de talismãs e garrafas de vidro cheias de líquidos supostamente usados ​​para fins mágicos. 

 


A fonte disse ao jornal que Nassar estava vendendo feitiços e garrafas de poções líquidas por cerca de 400 dólares cada (2.306 reais).


A execução pública usada de ilustração pra matéria pode ser vista aqui (no caso, essa do vídeo foi condenada por matar uma criança de 6 anos):


Fonte: CNN