Tecnologia do Blogger.

Pedófilo condenado a 146 golpes de bastão desmaia implorando clemência no 52º

Um homem de 19 anos foi condenado a 146 golpes de bastão em Aceh, na Indonésia, considerada a maior pena de lá, reservada aos piores crimes. No mesmo dia outros homens levaram golpes também por terem apostado em jogos de azar. Dois receberam 8 golpes e três receberam 6 golpes.




O motivo deste homem ser condenado a 146 golpes é porque ele foi condenado por molestar uma criança. Como os golpes são muito fortes, doem muito e provocam lacerações, uma médica examinou o homem diversas vezes. 

 


Conforme ele implorava por misericórdia a cada golpe, no 52º ele desmaiou, e a médica decidiu que a partir dali ele poderia morrer. E se ele morresse, como levaria os 94 golpes restantes? A médica determinou que mais golpes poderiam estourar veias e artérias importantes, causando hemorragia até a morte.

 


O homem foi levado ao hospital, e quando as costas melhorarem, os golpes continuarão a partir do 53. 

 


A região de Aceh é a única de lá que aplica a Sharia, a lei islâmica. A região conta com 5 milhões de habitantes, e 98% deles são islâmicos. Tendo em vista isso, o governo federal da Indonésia concedeu autonomia à região em 2001, e em 2006 eles resolveram adotar a Sharia como sistema legal. A punição corporal pode ser aplica em lugar do tempo de prisão ou então os dois podem ocorrer numa mesma pena.

 

Uma mulher sendo punida por passar tempo com um homem que não é o seu marido

Muitos criticam o método como cruel, já que pune também homens que fazem sexo antes do casamento e mulheres que simplesmente andam sozinhas com homens que não são os seus maridos. No entanto, a aprovação popular de tais punições é muito grande por lá, e não há sinal de que tal coisa irá mudar. A seguir, um exemplo dessa pena sendo executada:


Fonte: Daily Mail