Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Polígrafo aponta que homem traiu em programa de TV, ele sai correndo e se mata depois

 Imagem ilustrativa de um dos episódios

O programa "The Jeremy Kyle Show", do Reino Unido, que passava na ITV, foi cancelado após um episódio desastroso ser gravado com um homem chamado Steve Dimond. Tal episódio nunca foi ao ar. O programa, que trata de intrigas familiares e usa detectores de mentira, por exemplo, tinha bastante audiência.




Na atração, casos de traição, paternidades contestadas, dentre outros, eram "resolvidas" ali, com testes dados como científicos. Porém, o polígrafo, segundo as investigações, mostraram que Steve estava supostamente mentindo num caso de traição.

 


Ao ser perguntado se traiu ou não, ele disse que não, e o detector apontou a mentira. Jeremy o chamou de "um fracasso" após o resultado do teste. O homem então desabou em lágrimas, começou a reagir veementemente parecendo que ia desmaiar, e ao ser extremamente vaiado pela plateia, tentou fugir do estúdio, declarando que queria morrer.


Uma semana depois, ele foi encontrado morto. A polícia declarou suicídio. Agora, 1 ano depois, as investigações apontam que Jeremy Kyle é uma "parte interessada" porque pode "ter contribuído pra morte de Steve".

 


Após sair do estúdio, ele pegou um táxi e ligou pro seu irmão, conversando por 15 minutos, onde ele dizia repetidamente que queria pular do táxi ou tomar uma dose fatal de morfina. Em uma pré-audiência que aconteceu em Winchester, Hampshire, o legista Jason Pegg declarou que Jeremy pode ter contribuído com o suicídio.


De seu lado, Jeremy disse que não agiu de modo "inapropriado". O envolvimento dele com o suicídio será analisado pela polícia. Porém, antes do programa, Jason já havia tomado duas vezes uma overdose de remédios após a separação da noiva, Jane Callaghan, por conta da suposta traição.

 


Mesmo assim, a produção do programa permitiu a participação dele, e o homem esperava que o resultado do teste provasse pra ela que ele não traiu. Mas após o resultado apontando a mentira ele começou a chorar e tentou fugir do estúdio. As câmeras o seguiam pelo backstage do programa. Ele se deparou com uma porta trancada e o público vaiava.


Após o término da gravação, ele chorou muito. 7 dias depois seu corpo foi encontrado com uma overdose de remédios. O investigador diz que o polígrafo não será analisado, mas sim o ato de Jeremy tê-lo chamado de "fracassado". Segundo a S2 Consultoria, polígrafos têm um grau de acerto de 92%, o que é pouco, considerando a importância de certas matérias.


Fonte: Independent