Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Tribunal decide que filha de 22 anos vai ter que adotar irmão de 2 porque pais são pobres

 

A mídia social chinesa tem estado alvoroçada com a história polêmica de um casal que levou a própria filha ao tribunal para que ela criasse o irmão menor, porque não tinham dinheiro para isso. De acordo com várias reportagens na China, um casal que por vários anos sobreviveu apenas com a mesada de sua filha decidiu ter um segundo filho.



 

Eles logo perceberam que não tinham condições de cuidar de uma criança, então pediram à filha de 22 anos que criasse a criança em seu nome. A garota, referida apenas como Le Le na mídia, conseguiu se sustentar durante a faculdade e sonhava em construir uma carreira para si mesma quando recebeu a notícia de seu novo “emprego” de seus pais. Ela se recusou terminantemente a criar seu irmão sozinha, então seus pais a processaram.

 

Acredite ou não, a jovem de 22 anos perdeu o caso e foi condenada pelo Tribunal a assumir a responsabilidade por seu irmão de 2 anos. De acordo com o Artigo 29 da “Lei do Casamento da República Popular da China”, os adultos cujos pais morreram ou não podem cuidar de seus filhos menores têm a obrigação de cuidar de seus irmãos.

 

Relatada apenas alguns dias atrás, essa história bizarra gerou bastante polêmica nas redes sociais, com impressionantes 74 milhões de pessoas discutindo isso apenas na plataforma Weibo da China. A grande maioria concordou que a decisão do tribunal foi injusta para com a mulher de 21 anos, já que foram seus pais que agiram irresponsavelmente quando decidiram ter um segundo filho. Eles poderiam ter encontrado algum trabalho, ou pelo menos consultado Le Le antes de conceber o segundo filho.

 

Desde que a China aboliu sua política de dois filhos, muitos casais têm vários filhos sem primeiro levar em consideração sua capacidade de cuidar deles. 
 
Fonte: Mirror UK