Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

"Curso presencial de influencer" na China lota classe e tem vibe de "Black Mirror"


Recentemente uma pesquisa saiu mostrando que o maior 'sonho' de crianças atualmente é ser youtuber. Porém, como em todo meio artístico, só uma minoria consegue obter notoriedade pública. No caso de um artista que simplesmente ame o que faz, às vezes ele nem quer tal notoriedade, já que sua noção de sucesso pode estar atrelada a uma perfeição cosmética ou ontológica.




Só que no caso do influencer, como o próprio nome diz, a notoriedade é uma condição intrínseca ao seu sucesso. Dado o grande interesse de muitos em obter tal sucesso nesse meio, e dada a informação de que poucos conseguirão, cursos sobre "marketing digital", onde a pessoa aprende "como ser um influencer" começaram a pipocar por aí.

 


Recentemente, algo assim viralizou no Douyin, o TikTok da China. Segundo a tradução do vídeo publicado lá, se trata de um grupo de "trainees de e-commerce". Parece que estão sendo ensinadas a vender produtos pela internet. 



Alguns especulam que se trate de um programa de E-Commerce da Alibaba, que paga comissões pra quem vende produtos de lá. No site do curso oferecido pela empresa, lemos que existem "práticas em sala de aula" da venda de produtos em E-Commerce.

 


Mas pra alguns o vídeo pareceu meio macabro, meio distópico, numa pegada "Black Mirror". Em uma das contas que publicou o curso, o vídeo chegou em 2.9 milhões de visualizações: