Tecnologia do Blogger.

Funcionário fecha sem ver e casal fica preso em loja com a nova geração de consoles


Nathan Bamping, de 19 anos, e Olivia Johnson, de 18, foram passear na véspera de Natal pra encontrar presentinhos pras pessoas e claro, se divertirem juntos. 

 



Como os dois gostam de videogames, acabaram entrando na loja Currys PC World, uma franquia do Reino Unido que vende consoles, computadores gamer, teclados que brilham, fones de ouvido com orelha de gatinho...essas coisas.

 


Acontece que no lugar você podia jogar na nova geração de consoles, ou seja, no Playstation 5 e no Xbox Series X. 

 

Acabou que os dois começaram a jogar o F1 2020 no Xbox, e ficaram ambos tão compenetrados que não viram as horas passarem, e não viram a loja fechar mais cedo por conta da véspera de Natal (afinal, os funcionários também têm famílias).


Em certo momento algum deles percebeu o silêncio extremo ao redor, e quando se tocaram, estavam presos dentro da loja. É que eles estavam tão quietinhos jogando  que o funcionário pensou que o barulho do jogo se tratava da demonstração que ficava rodando enquanto não tinha ninguém lá.

 

Eles começaram a tentar sair do local, mas tudo estava trancado.

 


 

A moça tentou ligar pro "0800" da loja, mas sem sucesso. Todos estavam em suas respectivas ceias de Natal. "Eu liguei pra minha mãe em pânico, mas ela não sabia o que fazer também", conta Olívia. Eles começaram a se conformar em perder a ceia de Natal e passar a noite na loja, afinal, eles tinham praticamente jogos infinitos nos melhores e mais novos consoles.

 


"Foi como o 'Esqueceram de Mim', mas numa loja de jogos", ela diz. Eles então começaram a gostar da ideia. Mas algo acontecia enquanto eles perambularam pela loja procurando uma saída: todos os alarmes silenciosos foram disparados, o que fez com que o funcionário responsável pelo fechamento fosse alertado pela empresa que cuida da segurança do local.

 


Cerca de 40 minutos depois o gerente apareceu por lá e os libertou. O casal relata que a experiência foi assustadora, ao mesmo tempo em que foi engraçada. E pode ter sido tudo uma estratégia da loja. Afinal, eles acabaram comprando o Xbox, e ganharam um controle extra de brinde como pedido de desculpas.

 

Fonte: Daily Star