Tecnologia do Blogger.

Morador de rua entra em abrigo em chamas e consegue salvar TODOS os 16 animais de lá

O abrigo para animais W-Underdogs, que fica em Atlanta, nos EUA, sofreu com um trágico incêndio no dia 18 de dezembro. O lugar inteiro, que naquele momento abrigada 16 animais, pegou fogo. O fogo já havia engolfado a cozinha inteira, e o resto do lugar estava tomado por uma fumaça preta e mortal (respira-la por algum tempo significa morte).


De acordo com a fundadora do abrigo, Gracie Hamlin, embora o edifício não tenha sido danificado estruturalmente ao ponto de ter que ser demolido, por outro lado o incêndio deixou o lugar inabitável. A sorte é que a W-Underdogs estava a uma semana de se mudar pra outro edifício.

 


A questão é que, na hora do incêndio, todos saíram correndo, e então a fumaça tomou o lugar inteiro. Os bombeiros, que tentavam de fora esfriar o lugar e controlar as chamas, não queriam entrar às cegas na fumaça pra pegar nos braços seis cachorros e 10 gatos que estavam muito assustados, afinal, era grande o risco de ferimentos.


Por isso os bombeiros chamaram a zoonoses pra auxiliá-los com o resgate. Mas eis que Keith Walker, de 53 anos, simplesmente entra correndo no lugar feito Rambo. Acontece que Keith tem um cachorro, um pit bull muito bem cuidado. 

 

Como ele mora na rua desde que tem 13 anos, um dia ele conversou com a dona do lugar, Gracie Hamlin, e ela permitiu que o homem deixasse o pit bull, chamado Bravo, toda noite lá. Então ele o buscava uma outra hora, e assim se passavam os dias. Afinal, durante a noite poderia acontecer algo com o homem, e não haveria quem cuidasse do pit bull.

 

A cozinha do lugar, onde o incêndio começou

Keith estava indo buscar o Bravo pra um passeio, e quando chegou no lugar, viu aquela cena toda com bombeiros e fumaça. Pensando em seu cachorro, entrou correndo em meio à fumaça e ao fogo, e retirou o Bravo de lá. Mas pensando também nos outros 15 animais, acabou tirando todos de lá, um por um, diante de bombeiros boquiabertos.


"Eu estava nervoso pra caramba, não vou mentir. Eu fiquei realmente assustado de entrar lá com toda aquela fumaça. Mas Deus me colocou ali pra salvar esses animais. Se você ama um cachorro, você consegue amar qualquer um no mundo. Meu cachorro é meu melhor amigo, e eu não estaria aqui sem ele, então eu sabia que tinha que salvar os outros cachorros", disse o homem.


"Não consigo agradecê-lo o suficiente por salvar meus animais", disse Gracie. "Ele é o meu herói". Tal coisa nos leva a pensar nas consequências de nossas escolhas. Se ela tivesse inventado uma desculpa pra não abrigar o Bravo toda noite, ele não teria ido lá buscá-lo, e provavelmente todos os cachorros e gatos estariam mortos agora.


Fonte: CNN