Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Barbearia oferece "corte-castigo" pra crianças 'pestinhas' e causa polêmica com especialistas

 

Algumas crianças quando chegam ali nos seus 9 anos resolvem que são rebeldes e que vão curtir a vida adoidados, matando aula, jogando ovo podre na casa da vizinhança, dentre outras coisas. E é pra isso que serve a ferramenta do castigo, onde a criança fica 1 semana sem poder ir na quadra de basquete do bairro, ou então tanto tempo sem videogame e assim vai.




Mas essa barbearia alega ter desenvolvido uma arma poderosa que fará com que a criança nunca mais pense em repetir as suas peripécias. A A-1 Kutz, especializada em cortes afro e que faz umas coisas bem legais mesmo (você pode ver no Instagram deles, clicando aqui), passou a oferecer em seu 'cardápio' um 'corte-castigo' que promete educar as crianças.

 



Um dos cabeleireiros de lá, Russell Fredrick, diz que essa é uma alternativa às punições físicas, que são divertidas (menos pra criança) e extremamente eficazes. O pai nem vai tentar impedi-lo de sair, e na verdade vai incentivá-lo, fazendo questão de levá-lo pra ver seus amigos na rua.

 

O corte castigo some rapidinho, basta que o cabelo cresça um pouco e se junte às laterais, ficando assim:

 


Mas uma psicoterapeuta é contra essa punição. "Existem muitas pesquisas que mostram que quando uma criança é envergonhada como punição isso chacoalha o sistema nervoso, afetando a parte de processo lógico do cérebro, e fazendo com que o crescimento racional e emocional seja afetado", disse Xanthia Bianca Johnson.


Porém, o Willie Jefferson, pai do menino de  11 anos que aparece nas fotos, diz que o filho está se comportando desde o corte-castigo, e que agora leva a coisa com bom humor. "Envergonhar não é ruim pra criança se unido a isso está o ensino do respeito", disse o pai. "[O envergonhamento após uma coisa feia] ensinou a mim, ensinou meus pais, os meus avós e bisavós sobre o respeito, e é com isso que vou castigar meu filho".


Fonte: Fox News