Tecnologia do Blogger.

Cardi B é acusada de hipocrisia após ser flagrada tirando a música 'WAP' ao ver a filhinha

 

Meses após seu lançamento, a música "WAP", de Cardi B e Megan Thee Stalion, ainda causa polêmica devido à enorme obscenidade tanto da letra quanto do clipe, chegando ao ponto de até políticos falarem contra a música. Discussões sobre censura, dentre outras, começaram a surgir.




Mas agora Cardi B está sendo criticada não por tocar a sua música, mas sim por tirá-la. Em um vídeo tirado de uma transmissão de seu Instagram e publicado no Twitter pela Rap TV, Cardi B é vista ouvindo sua própria música, e ao fundo sua filhinha aparece.


Quando ela nota a filha, diz "não, não, não!" e tira a música pra que sua filha não ouça as coisas feias ditas na letra. Então um tweet que anexou o vídeo chamou a atenção, atraindo mais de 1.100 curtidas e uma resposta da própria Cardi B.


 

O tweet diz: "Então sua filha não pode ouvir a música mas as filhas de todas as outras pessoas podem?". Então a moça acusa a Cardi B de ter uma "agenda" que deve ser empurrada. Quando o tweet chamou atenção, a cantora decidiu responder:

 

 

"Vocês precisam parar com isso! Eu não faço música pra crianças, faço pra adultos. Os pais são os responsáveis sobre o que suas crianças ouvem ou veem. Eu sou uma pessoa muito sexual mas não perto da minha criança como todo outro parente deve agir", respondeu ela, atraindo mais de 100.000 curtidas.

 

Daí a questão levou a um imenso debate, já que músicas quando são tocadas em caixas de som saem da alçada dos pais. A música WAP já passou de 1.1 bilhão de visualizações.