Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Músico vai à floresta pra gravar sons da natureza e é espancado por urso silencioso até a morte

 

Julien Gauthier, um músico e compositor canadense, foi até à floresta canadense com a bióloga Camille Toscani, no nordeste do país. A bióloga tirava fotos pra um estudo, enquanto Julien grava sons originais da natureza pra usar em uma composição.




O músico, que tinha 44 anos, se mudou pra França aos 19, e voltou ao Canadá só pra isso. Na França ele estava em uma orquestra, e gravava os sons pra uma composição que faria em colaboração com a violoncelista Michèle Pierre.


"Era o seu sonho ir pro norte. Ele me pediu pra fazer parte de sua aventura, e estávamos pensando nisso por três anos. Estávamos muito felizes por fazer isso. Ele era um artista único". Não foi a primeira vez que ele foi gravar sons da natureza in loco. A última vez foi nas ilhas Keleguen, próximas da Antártida.


Em uma das noites da aventura que Julien e Camille viviam, um urso silenciosamente se aproximou da cabana e arrastou o músico pra longe. Como estava escuro, na visão de Camille ele simplesmente apareceu. Ela então começou a tentar entrar em contato com as autoridades, e só conseguiu às 7:45 da manhã.


A polícia saiu em busca dele, e encontrou o seu corpo, que foi surrado e dilacerado até a sua morte. A orquestra onde ele trabalhava declarou que ele era um homem "sensitivo, generoso e talentoso".


Fonte: AOL News