Tecnologia do Blogger.

Pai guarda dinheiro que daria pra filho de 3 comprar "coisas inúteis", já juntou R$ 8.450 pros seus estudos

 

Um pai das Filipinas fez uma publicação sobre os seus planos para o futuro e o modo com o qual fará com que tal plano se torne real. Porém, provocou certa polêmica já que acabou ofendendo alguns que fazem o contrário do que ele faz.




O homem, chamado Jarlo Manalad, publicou uma foto um tanto ilustrativa, provando que seu método é no mínimo promissor. Acontece que muitos pais, amando os seus filhos, querem enchê-los de presentes, e acabam comprando tudo o que eles querem.

 


Outros ainda, preferem dar dinheiro para os filhos, e assim eles compram o que mais lhes agradar. Alguns até pensam em fazer uma poupança pra futura faculdade do filho, mas acabam usando-a em um momento de aperto.


Jarlo está fazendo diferente. Seu filho tem 3 anos, e é claro que ele tem brinquedos, mas todos educativos e que estimulam seu cérebro e sua inteligência. Agora sempre que o pai pensa em dar algo que considera "inútil" à criança, como docinhos toda hora, chapéuzinhos de panda, por exemplo, que a criança nem sabe que está vestindo e mais serve pra agradar os pais, brinquedos caros e inúteis, rodopios bobos em carrosséis de shopping, dentre outros, continuando, sempre que o pai pensa em gastar dinheiro pro filho usufruir de tais coisas, ele guarda.

 



A criança nem sente falta, e às vezes pede com a coisa em sua frente, mas logo esquece. Sabendo ser um pouco duro, ele já conseguiu juntar nesses 3 anos 77.000 pesos filipinos, ou 8.444 reais. Ele aproveitou um momento de distração da criança pra mostrar o gordo envelope com as notas que já juntou. Mas Jarlo esclarece que parte do dinheiro foram presentes de familiares no batismo da criança, porém, continuará juntando até chegar a hora da faculdade do menino.


Sua publicação chegou em 31 mil compartilhamentos no Facebook.