Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Pit Bull leva gata prenhe pra sua própria casinha e monta guarda durante o parto

 

Qualquer um, num primeiro momento, teria medo de um Pit Bull chamado Hades. Afinal, essa raça tem fama de ser assassina e sanguinária. 

 



Só que quem convive com um Pit Bull sabe que eles são molengas e carinhosos, e só se tornam violentos quando são incentivados a isso desde cedo, como qualquer cachorro se tornaria nessas condições.

 


Hades, como outros Pit Bulls, é molenga e carinhoso. Ele vive no México com seu dono, Juan José P. Flores. Juan havia percebido que nos últimos tempos uma gatinha começou a rondar pelo bairro. Ele, como ama animais, sempre tentava fazer amizade com ela, mas não conseguia. De qualquer modo, passou a comprar ração de gato e deixar pra ela num cantinho onde ela passava.

 


O Pit Bull notou que seu dono gostava da gata, e marcou isso na memória. Um dia, Juan estava em sua casa quando ouviu batidas na porta de trás, que dá no quintal onde Hades gosta de ficar. Ele até pensou que fosse um humano por conta das batidas, mas era Hades, agindo estranhamente animado, e querendo que seu dono visse uma coisa.

 



Indo até a sua casinha, Juan ficou surpreso ao ver que lá dentro estava a gatinha à qual ele deixava ração num cantinho. "Ele estava desesperado e fazendo muito barulho", disse Juan em entrevista. Acontece que ela estava prenhe e precisava de um lugar seguro pra dar sua ninhada. Hades a levou pra sua casinha, onde, após Juan se achegar, montou guarda, colocando um lençol na frente da entrada.

 

 

Sob a proteção do cachorro, a gatinha deu à luz 2 gatinhos. "Parece que ele [o Hades] se sente o pai", observa Juan, que acabou adotando a fêmea, e vai colocar pra adoção os 2 gatinhos. 

 


Ela agora se chama Nicol e foi transferida pra dentro da casa, afinal, o Hades precisa dormir em algum lugar. E ele está gostando bastante da companhia, já que quando ela não está amamentando, fica ao lado dele pra lá e pra cá.


Fonte: The Dodo