Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Famoso caçador atira em elefante, elefante baleado cai em cima dele e os dois morrem

Um caçador sul-africano mundialmente conhecido por suas fotos polêmicas morreu de forma trágica no Zimbábue. O homem, após a fama (ou má fama), acabou arranjando diversos clientes que o contratavam pra serem guiados por reservas africanas em busca de determinado animal exótico e selvagem.




O seu primeiro cliente veio de Montana, nos EUA, até a África do Sul pra ser guiado por ele e assim caçar um guepardo. O caçador anunciou publicamente, na ocasião, que o cliente "conseguiu o seu gato".

 

Um elefante caminhando no Parque Nacional Hwange, no Zimbábue


Theunis Botha, que tinha 51 anos, continuou aumentando sua cartilha de clientes, até que começou a levá-los em grupos. Tal grupo guiado por ele se aventurava no Parque Nacional Hwange, no Zimbábue, quando se depararam com elefantes. O que não sabiam, segundo os clientes, é que os elefantes estavam ali pra se acasalar, o que os deixa com ânimos bem alterados.


Após seguir a manada por um tempo, eles foram percebidos, e um ataque furioso e coordenado por parte dos elefantes começou, fazendo com que todos começassem a disparar muito assustados. 3 elefantes vieram pela frente, enquanto um veio pelo lado de surpresa.

 

Theunis Botha ao lado de um elefante que matou em outra ocasião


Quando este quarto elefante revelou a sua localização, já estava jogando Theunis pra cima com seus marfins. Assim que Theunis, ferido, caiu no chão, o grupo inteiro começou a disparar em conjunto nesse elefante, que cambaleando, caiu em cima do famoso caçador, que morreu na hora. 


Após a morte de Theunis, sua família continua vendendo pacotes de caça pra Zimbábue, Moçambique e África do Sul. Inclusive há uma lista no site deles de animais que você pode caçar em cada destino. Tal empresa que ele abriu, após a sua morte, soltou nota o declarando como um "profissional apaixonado" do ramo da caça.


Fonte: NBC News