Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Homem é assaltado, não reage, entrega carteira e namorada termina por sua "covardia"


Um homem busca certas coisas em uma mulher, e vice-versa. Tanto no nível dos valores, quanto no nível do companherismo (pois não adianta nada concordar com valores se o convívio for desagradável, já que estamos falando de uma vida juntos), e até no nível animal ou corpóreo. E neste nível, certas coisas são buscadas por instinto.



 

Instintivamente, por exemplo, o homem sabe (ou melhor, o corpo do homem), que uma mulher de bochechas rosadas (exemplo besta só pra mostrar) é fértil. E isso pertence ao nível corpóreo e químico, já que ninguém pensa: "caramba, aquela mulher é fértil! Vou procriar!", mas por conta disso que é percebido quimicamente, a pessoa se sente atraída.


Esse caso, relatado por um homem numa board do Reddit chamada "conselhos para relacionamentos" (r/RelationshipAdvice), gerou uma discussão justamente sobre isso. Instintivamente a mulher busca também em um homem segurança, ou seja, saber que caso tenha filhos com ele, se um invasor entrar na casa querendo matar todo mundo, por exemplo, o homem vai lutar até a morte por ela e pelo filho.


Vamos à história, contada por ele e transcrita e traduzida aqui, e depois falamos sobre isso:


"Meu irmão e eu estávamos dando um rolê duas noites atrás. Fomos à uma loja de conveniência de um posto bem vazio pra comprar bebida, e quando saímos, um cara de máscara apontou uma arma e exigiu que déssemos nossas carteiras. 


Porque eu fiquei aterrorizado pela minha vida e a do meu irmão, eu peguei minha carteira pra dar pra ele. Nenhuma quantia de dinheiro vale as nossas vidas. Mas antes que eu pudésse entregá-la, meu irmão meteu um soco nele e encheu ele de soco e ponta-pé. Ele conseguiu arrancar a arma dele, e apontar pro cara, nisso [o bandido] saiu correndo.


Eu chamei a polícia e as filmagens da câmera de segurança acabaram no noticiário local. Contamos pra todo mundo, é claro, e todos ficaram aliviados e felizes por estarmos bem. Meu irmão ganhou muitos elogios por botar o cara pra correr.


Minha namorada, primeiro, ficou toda emotiva e aliviada por eu estar bem, mas assim que ela viu as filmagens que apareceram na TV, ela mudou.


Hoje ela jogou a bomba em mim de que ela não quer mais ficar comigo. Quando eu perguntei o motivo, ela disse: "eu não quero ficar com um covarde". Ela disse que odiou o fato de que eu não tentei lutar com aquele cara que nem meu irmão e que se dependesse de mim aquele cara iria vencer. Eu tentei explicar que meu irmão foi SORTUDO e que lutar com um cara armado podia ter me custado a vida, mas ela não se importou.


Ela disse que perdeu todo o interesse romântico em mim e pra ela deu. Estou quebrado agora e me sinto desmasculinizado. Ela realmente fez parecer que eu sou menos homem do que meu irmão porque eu fui mais cuidadoso com nossas vidas. Eu me sinto traído e ao mesmo tempo ferrado da cabeça. Pensar que o amor da minha vida me descartou assim é demais pra mim". Fim da história.


Alguns dos conselheiros dizem que ele fez a coisa certa, que o irmão dele quem meteu o louco e acabou dando sorte. Também dizem que qualquer mulher que deseje que um homem morra por ela deve ser evitada.


Um outro lado aponta que o grande problema não foi não ter dado o primeiro soco suicida, mas não ter feito nada após o homem cair, sendo que só o seu irmão ficou dando socos e pontapés, daí a covardia. E ainda há a questão do lado instintivo: e se quimicamente ela perdeu aquele interesse que tinha em se casar com ele e ter vários filhinhos? Sabe quando dizem que "perdeu a química"? Questão complicada, certamente.


Por conta da polêmica, mais de 390 comentários foram feitos sobre o caso.