Tecnologia do Blogger.

Mãe vai com luva de boxe pra escola onde filha estuda, luta com pré-adolescente e é presa


Taylor Witsee, de 12 anos, brigou na escola DuPont Middle School, o que normalmente já chama a atenção por si só. A escola tem o que chamamos aqui de ensino médio e ensino fundamental, mas mesmo assim foi aberrante vê-la levando um monte de porrada de uma mulher de 32 anos.




E pior: uma mulher de 34 anos com uma luva de boxe. A polícia do condado de Duval, na Flórida, está classificando o caso como abuso infantil, e prendeu a mulher. Mas com chegamos até esse ponto?

 


A mulher, chamada Edith, entrou na escola com outro homem e sua filha, que estuda no ensino médio do lugar. Nas filmagens da escol,a, já chama a atenção que ela esteja com uma luva de boxe em uma das mãos. Ao ser perguntada pela segurança sobre aquilo, Edith diz que acabou grudando com Super Bonder sem querer, e que não dava pra tirá-la.


Incrivelmente essa história colou, e o trio se dirigiu à diretoria pra discutir sobre o bullying que a filha, que estuda no ensino médio, sofria da Taylor, que estuda no ensino fundamental. Após saírem da sala do diretor, eles se depararam com Taylor, e encorajada pela mãe, a adolescente foi pra cima da pré-adolescente.

 

Taylor, a pré-adolescente que foi vítima da luva de boxe de Edith

Vendo que a filha levava a pior na pancadaria, Edith entra na briga e começa a usar a luva de boxe pra espancar a moça de 12 anos. O relatório polícial diz que a menina levou diversos socos na cabeça. Com a mão que Edith tinha sem a luva, ela segurava o cabelo da Taylor pra mantê-la no chão.


Crystal Wiltsee, mãe da Taylor, culpa também a escola, que deixou uma mulher entrar lá com uma luva de boxe. Segundo a mãe, ela vai pra justiça contra a Edith, que foi presa e pagou fiança. Um dos alunos que testemunharam a briga gravou a luta usando uma batata, e infelizmente é a melhor filmagem que temos: