Tecnologia do Blogger.

Piloto da Força Aérea atira 'dando loop', acerta o seu próprio jato e causa prejuízo de $2.5 milhões

As imagens são ilustrativas

 
Um piloto da Marine Corps, ramo das forças armadas dos EUA que faz parte do exército, da marinha e da aeronáutica, teve um péssimo dia no trabalho. Sabe quando você faz alguma porcaria no trabalho, leva bronca de todos os superiores e é zoado por todos os outros? Pra esse piloto foi bem pior.




Afinal, ele causou um prejuízo de 2.5 milhões de dólares, ou 14.188.019 reais. Como? Ninguém sabe ao certo, mas ele conseguiu atingir o jato que ele pilotava com um tiro do próprio jato que ele pilotava. E não era qualquer jato: era o jato F-35B, um 'mega-jato' que custa 135.8 milhões de dólares.
 
 


Mas como? Ninguém sabe ao certo. Ele estava em um exercício de treinamento no Arizona. O mais provável é que ele tenha dado um loop e resolveu atirar com a metralhadora pra cima enquanto dava a manobra, mas como o jato é muito rápido, errou o ângulo e quando desceu acabou levando o próprio tiro.
 



A outra hipótese é que ele tenha acelerado após o tiro e pegado nele, mas é pouco provável pois então as velocidades seriam muito parecidas, e como estariam indo na mesma direção, o tiro não pegaria em cheio. Já na hipótese do loop, o tiro vem na perpendicular, podendo atingir em cheio. Seja como for, o exército está investigando o caso.

 


O piloto saiu vivo e sem ferimentos, mas está sendo zoado por todos os companheiros, e duramente xingado pelos superiores. Como o prejuízo chegou aos 2.5 milhões, ele será investigado como um incidente de Classe A, que é quando ou alguém morre, ou quando o jato é completamente perdido, ou quando o prejuízo é de...2,5 milhões. Com certeza o pior dia de serviço desse piloto.


O Capitão Andrew Wood confirmou ao Military.com que o incidente está sendo investigado, e que o piloto não ficou ferido.