Tecnologia do Blogger.

Pesquisadores desenvolvem algoritmo que transforma teias de aranha em músicas assustadoramente bonitas

 

Teias de aranha são extremamente complexas mas metemos o cabo de vassoura arrebentando tudo mesmo assim. No entanto, é impressionante que seres tão pequeninos e desmiolados consigam preparar armadilhas cheias de detalhes e estruturações, cada aranha com sua própria estratégia.




E como há razões matemáticas por trás dessas teias, alguns pesquisadores decidiram programar um algoritmo pra que qualquer teia fosse transformada em sequências de notas musicais. "Quando você vê a estrutura de uma teia de aranha, ela te lembra de algum instrumento musical de cordas, então veio a pergunta: e se você pensar nessas cordas como objetos vibrantes?", disse Markus Buehler, professor de engenharia do MIT, claramente perturbado da cabeça.



Daí ele fez toda uma equipe preparar o algoritmo que transformaria em musicas todas as teias que encontrassem. As regras são as seguintes: o comprimento de cada um dos fios da teia determina a duração de cada nota. Quando mais conexões uma teia tiver (ou seja, tem teia ligada a outras 3 teias, outra teia está ligada a 4), mais amplo será o som, ou seja, a diferença entre bater fraquinho na corda e bater com tudo.



E o ângulo formado entre as teias determina a nota delas, determinando a frequência em Hz no campo harmônico, culminando em alguma nota. O programa vai fazendo uma cópia da teia de baixo pra cima, e assim a música vai sendo gerada na ordem em que as ligações aparecem. O resultado dessa brisa? Veja:



Fonte: Vice