Tecnologia do Blogger.

Experimento mostra reações simetricamente opostas a homem batendo em mulher e mulher batendo em homem

 

Uma organização inglesa chamada The Mankind Initiative resolveu fazer um experimento, contratando dois atores. Os dois, um homem e uma mulher, simulariam duas situações simetricamente opostas enquanto andavam por uma praça cheia de gente num final de semana.




Na primeira situação, o homem agiria agressivamente contra a mulher, com empurrões, ameaças, apertões na cara. Na segunda situação, a coisa se inverteria, e a mulher seria a agressora. Enquanto isso, diversas câmeras estavam estrategicamente posicionadas pra captar a reação das pessoas.

 

Foram cerca de 20 segundos até um grupo de pessoas intervir e ameaçar o agressor

Durante o primeiro caso, as pessoas agem de modo corretíssimo, intervindo naquela cena de agressão, e impedindo que qualquer violência acontecesse, e isso em questão de segundos. Mas quando foi a vez do segundo caso, algo terrível acontece.

 

A reação foi bem diferente quando o caso se inverteu

 

Os atores agiram de modo que não parecesse uma discussãozinha, então a atriz caprichou quando foi a vez dela de ser a agressora, com fortes empurrões, inclusive um onde ele bate com tudo na grade. A reação? Gargalhadas. Todos riem e riem bastante, mesmo com a cena se prolongando. A ação, chamada "Violência é Violência", chegou em 8 milhões de visualizações: