Tecnologia do Blogger.

Homem sai na mão com lince-pardo pra proteger sua esposa em batalha matinal no seu quintal

 

Vivendo em sociedade, às vezes esquecemos que ser um animal significa devorar pra não ser devorado, ou, se somos incapazes de devorar, então devemos saber fugir, ao menos. Porém, ainda que nos esqueçamos, a lembrança pode vir violentamente, subitamente, e de manhãzinha.

 



Esse casal saía pro trabalho, como toda manhã de dia útil. O marido, dirigindo o carro, levaria sua esposa e depois iria ganhar o pão de cada dia. Aparentemente ele levava um bolo ou algo assim, talvez pra alguma confraternização da empresa. "Eu tenho que lavar esse carro!", diz ele.

 


Do outro lado do carro, sua esposa levava uma gaiola pet, levando um gato ou um cachorro pequeno. Passariam na pet shop no caminho? Seja como for, viviam o seu cotidiano normal, e era mais uma manhã normal.

 

Quando a mulher se aproxima da porta do carro, um terrível barulho ecoa ali. Um barulho de fera, e fera que estava nervosa. O animal na caixa pet, sendo segurado baixinho, acabou ficando na altura do lince-pardo que passava por ali, e acabou inflamando a situação.

 

 

Logo após o rugido terrível, o bicho vai pra cima da mulher, que começa a gritar desesperada. O homem, sem nem pensar, vai pra cima do bicho com unhas e dentes, e os dois começam a brigar no quintal.

 

O homem logo consegue pegar o bicho e segurá-lo acima de si, rendendo-o. Depois, ele o joga pra longe. Assustado e vencido, o lince foge, mas antes dá um susto indo na direção da esposa, novamente. Um vizinho, vendo o fuzuê, pergunta o que raios estava rolando, e o homem responde: "ah, um lince-pardo atacou minha esposa".

 


Após a descarga de adrenalina e testosterona que a situação provocou, o homem pode ter construído uma casa de madeira no meio da floresta, onde, agora, manda no pedaço. Mas isso é conjectura minha. Veja como as coisas mudam: em 6 segundos ele passou de um bolinho de chocolate na mão, dizendo "bom dia"; pra sair na mão com um lince-pardo dizendo "eu vou atirar nesse filho da p*%$".

 

Por conta da coragem desse marido, cujo olhar frenético e psicopata paralisou o lince de medo, o vídeo já passou das 500.000 visualizações: