Tecnologia do Blogger.

Prisioneiro mantém policial refém durante rebelião, tenta negociar e leva dois tiros no peito

Os prisioneiros da cadeia de Oklahoma, nos EUA, fizeram uma rebelião reivindicando melhorias, alegando que faltava água e que alguns dormiam no chão. Filmagens mostram o momento onde um policial, feito refém, leva batidas na cabeça, é obrigado a deitar numa mesa e é esfaqueado algumas vezes na perna. Além disso, ele levou spray de pimenta na cara.




Depois de alguma confusão, uma força policial entra no recinto. De cima de uma escada, um dos prisioneiros, Montrell Williams, de 34 anos, usa o policial refém de escudo humano, com uma faca em seu pescoço. Ele começa a falar sobre termos de negociação, mas comete um erro: deixa o policial se ajoelhar.

 


Aproveitando a deixa, dois dos policiais dão dois tiros certeiros em seu peito, Montrell cai morto, e o policial cai rolando as escadas. Coy Gilbert e Kevin Kuhlman, autores dos disparos, estão afastados temporariamente enquanto a polícia investiga se houve alguma irregularidade.

 


A família do prisioneiro morto alega que ele morreu por reivindicar melhorias, e pede a demissão dos policiais.