Tecnologia do Blogger.

Após briga com os pais, adolescente secretamente constrói 'cidade subterrânea' e agora vive feliz

 

Com 14 anos, Andres Canto brigou com os pais. Mais ou menos aquela coisa de querer dar um rolê de adulto sendo um filhotinho com 3 pelos de barba, os pais obviamente não deixarem porque tem um psicopata que te leva pro mundo da maconha à solta, e ele bater a porta gritando "EU NÃO POSSO VIVÊ???".




Surtado da cabeça, o adolescente espanhol, que vive em La Romana, pegou uma picareta, foi pra parte de trás da grande casa, longe dos pais, e começou a sentar a ferramenta no chão, pra despejar sua fúria. Coisa de moleque. Mas aí ele notou que o buraco estava ficando grande, e a raiva começou a virar diversão. 

 


Agora Andres queria ver até onde aquilo ia, e escondendo o buraco, deixou a coisa pra outro dia. Verdadeiramente compenetrado, dia a dia foi aumentando o buraco, até que obtivesse um cômodo subterrâneo.


Na verdade, Andres conta exatamente o motivo da briga. Os pais dele iriam sair com ele, e queriam que ele colocasse uma roupa decente, e ele queria ir com uma roupa ridícula. A briga se desencadeou daí e no fim ele estava bufando com uma picareta cavando um buraco.

 


Todo dia depois da escola ele continuava sua escavação, e forrava as paredes com pedras, fortalecia com madeiras, pra ficar bonitinho. Contando sobre o projeto pra um amigo, este por sua vez se empolgou também, e pegou a broca pneumática de seu pai. Foi um novo início, já que tal broca aumentava e muito a velocidade da escavação. 


Graças à broca, eles conseguiram chegar a 3 metros de profundidade, e 2 horas por dia trabalhavam naquilo. Passam-se 4 anos, e agora ele já tem um quarto e uma sala completos, com sistema de aquecimento e wi-fi. Há também um sistema sonoro, e ele sempre deixa a temperatura em 21 graus.

 



"É ótimo, eu tenho tudo o que quero. Pode ser cansativo trabalhar aqui, é úmido, não tem muito oxigênio, mas eu achei minha motivação em cavar todo dia". Outro lado ruim é que insetos e aranhas frequentemente são achados em sua cidade, que é aumentada todo dia.


Quando ficou difícil de tirar a terra com as mãos, ele pesquisou técnicas de escavação e copiou um sistema com cordas que, quando puxadas, iam levando o balde cheio de terra pra fora. Colunas arqueadas de madeira e concreto foram usados pra estruturar seu lugar secreto.

 


Depois de publicar um vídeo nas redes sociais mostrando seu mini-império subterrâneo, as autoridades foram até a casa dele pra verificar se aquilo era seguro mesmo, e deram seu ok. A mãe e o pai dele também gostam da ideia, já que ele parou de arranjar briguinha após se engajar em seu projeto. Além disso, ele aprende bastante sobre construções, e pode até trabalhar com isso.


Fonte: KUTV