Tecnologia do Blogger.

Repórter gravando matéria sobre cão roubado dá de cara com ladrão levando ele pra passear e resolve o caso

 

A repórter Juliana Mazza acabou se tornando também uma heroína enquanto gravava uma reportagem sobre um cachorro que foi roubado, já que resolveu o caso, resgatou o cachorro e prendeu o bandido enquanto gravava a matéria.




Titus é um cachorro de 1 ano e 1 mês, da raça Braco Alemão de Pelo Curto, e era levado pra passear pelo seu dono, Greg Siesczkiewicz, que o deixou no carro (com os vidros abertos, é claro) pra comprar uma coisa.

 

Greg e Titus


O ladrão, aproveitando os vidros abertos e a mansidão de Titus, abriu a porta e o levou embora. O roubo foi flagrado por uma câmera de segurança, e Greg estava arrasado. Juliana foi quem pegou a reportagem na 7NEWS, ou WSVN, uma estação de televisão australiana. A filial de Cambridge, Inglaterra, é quem contratou a repórter, e ela resolveu falar sobre o cachorro sequestrado.

 

Juliana gravando a matéria no estacionamento onde Titus foi roubado


Ela gravava justamente no estacionamento onde Titus foi levado, e de repente, acontece aquela história do criminoso sempre voltar à cena do crime. Se tratava do homem que roubou o cachorro, com o Titus na coleira, e usando a mesma roupa. Reconhecendo o ladrão, ela precisava agir rápido pra resgatar o cachorro, e quem sabe até extrair uma confissão.

 


Juliana se aproxima do cachorro daquele jeito "óinnn que fofo", e o homem pensou que seria mais uma fazendo carinho nele. No momento em que ela fazia carinho no cachorro, olhou a coleira dele discretamente, pois Greg havia dito que ali havia o nome "Titus" e o número de telefone dele. E de fato, estava lá. Com a identificação confirmada, ela olha pra câmera discretamente e faz um gesto com a mão, sinalizando que era pra começar a gravar.

 

À direita, as imagens da câmera de segurança. À esquerda, ele no estacionamento com a repórter.

 

"Você já pensou em ligar pra esse número que está na coleira dele?", foi a pergunta que fez o ladrão começar a perceber que estava ferrado, já que nesse momento é que o câmera, que aparentava filmar a paisagem, se aproxima e coloca a câmera na fuça dele.

 


 

Tentando pensar rapidamente em uma desculpa esfarrapada, o ladrão diz que pensou em ligar, mas que seu celular estava quebrado. E como ele acabou com Titus em casa, se o cachorro estava dentro do carro? A próxima desculpa esfarrapada seria pior ainda: "Era pra eu estar passeando com um cachorro e de algum jeito eu peguei o cachorro errado".

 


A repórter, com provas o suficiente de que era o mesmo homem na câmera e ali na frente dela, e com a confissão de que ele pegou o cachorro, chama a polícia, e em dois minutos uma viatura chega lá. Kyle G., de 29 anos, foi preso em flagrante. 

 



Juliana acaba ficando lá com o cachorro, e então liga pro Greg, dizendo que estava com ele no estacionamento, e a matéria termina com Greg e Titus finalmente reunidos, no mesmo lugar onde foram separados. Isso sim é jornalismo investigativo!