Tecnologia do Blogger.

Streamer assedia moça de 15 anos em público e arrega miseravelmente pro pai dela que veio na fúria


Existe uma cena de streamers que ficam nas ruas, transmitindo ao vivo seja lá o que aconteça no rolê deles, como conversas com estranhos, situações incomuns, ou seja lá o que for. Alguns, conhecidos como trash streamers, topam tudo por dinheiro, e fazem absurdos em público ou em casa. Mas nenhum deles quer passar e vergonha e ser humilhado.




E foi o que aconteceu com o streamer King Aladdin. Ele viu uma moça passar com um cara, enquanto bebia algum drink sabor fracasso num boteco qualquer, e começou a fazer "psiu, psiu", o que também é coisa de fracassado. "Ei! Onde você vai? Volta aqui! Volta aqui amorzinho! Volta, loirinha!".

 


Quando é ignorado, ele a xinga de um palavrão horrível, e embora não tenha gritado como antes, falou alto, mas a intenção era que só os seus espectadores ouvissem o terrível xingamento, que nem será reproduzido aqui. O pai acaba ouvindo, e volta.

 



Primeiro ele diz calmamente: "ei mano, ela tem 15 anos!". E o streamer desafiadoramente responde: "então por que ela está na rua tão tarde, mano!".  O pai responde: "por quê? Porque estamos saindo juntos, pai e filha, viemos jantar". O streamer percebe a porcaria que fez e começa: "Que legal! Eu peço desculpas, e não estou tentando te desrespeitar de modo algum, e-e-e-e-eu".


Nisso ele é interrompido pelo pai, que se aproxima bastante, olha no fundo dos olhos dele e diz: "por que você não cala a p%&$# da boca?", e o streamer, percebendo que qualquer movimento seu resultaria em uma surra, diz: "sem problemas, senhor". Quando o pai se vira de costas, ele diz: "é sério, eu não sabia que ela tinha 15".


O pai diz: "O que você tem de errado? Para de ficar dando em cima [catcalling, ou seja, "fazer psiu"] de mulher na rua!", o streamer começa a falar mais, e agora deixa o cara realmente nervoso. O streamer diz que não "precisa ser tratado assim", e o pai responde: "mano, não me vem com papo pra chegar em mim, você que entrou no meu mundo". O vídeo já foi visto por mais de 1,5 milhão de pessoas no Twitter:



Após, o "King Alladin" espera o cara se afastar pra dizer que está no "bairro dele" e que por isso ninguém rouba seu celular. O pai que fez o suposto rei alladin arregar é um comediante chamado Skyler Stone, que depois conceceu entrevista falando sobre o ocorrido.


"Como se já não fosse ruim o suficiente a sua filha de 15 anos ter sido assediada, o pior é descobrir que foi por um youtuber tóxico", disse ele. Ele também disse que não bateu no cara porque percebeu estar sendo filmado.